Esse ministério cuida da visão e a ação missionária da Igreja. Por isso, é um ministério de suma importância para todos nós, cumprindo um propósito bíblico. O cuidado para que a Igreja tenha atividades evangelísticas em volta dela é essencial à vida da igreja. Esse ministério também é responsável pela interação dos membros da Igreja entre si e a integração com aqueles que se achegam ao convívio da Igreja, cumprindo o propósito de estabelecer relacionamentos saudáveis, amigáveis e edificantes em todos os momentos de encontro da família de Cristo. O acompanhamento dos novos convertidos também é tarefa desse ministério, que procurará integrá-los à vida da Igreja.

Para que se alcance êxito nessa proposta, esse ministério terá as seguintes coordenadorias: Promoção missionária, Lazer e Esportes e Coordenadoria de Integração:

  • A Coordenadoria de Promoção Missionária é a responsável pelas campanhas de Missões. Por isso, espera-se dessa coordenadoria, mediante a concordância do líder e do Pastor da Igreja, a apresentação dos alvos missionários e da forma como promover as campanhas.
    • Cursos de evangelização, congressos missionários, também fazem parte da agenda de trabalho dessa coordenadoria e, portanto, do ministério. Outra recomendação à coordenação do Ministério de Missões é a manutenção de contato com as juntas missionárias para trazer missionários para falar à Igreja, observando a agenda do Pastor da Igreja, além de abastecer a Igreja com o material para evangelismo.
    • O planejamento de viagens missionárias e/ou trabalhos de Impacto de Evangelização devem ser outro alvo do Ministério de Missões, que também pode estudar e elaborar projetos missionários a serem implantados na Igreja.
  • A Coordenadoria de Esporte e Lazer apoiará a Igreja junto à promoção de atividades esportivas e lúdica. Para os membros da Igreja, visará a comunhão e a edificação, e aos visitantes e convidados, visará também, a evangelização. Pretende-se com esse núcleo despertar a comunidade, das crianças aos idosos, para a vivência de valores cristãos por meio do relacionamento com a Igreja local através do esporte e do lazer. Algumas atividades serão necessárias para se alcançar esse propósito, a saber:
    • Criar e supervisionar projetos por meio do esporte e do lazer, observando sempre a viabilidade operacional e financeira dos mesmos;
    • Recrutar voluntários para atender aos projetos, levando em consideração o perfil de cada um e promovendo capacitações para os mesmos;
    • Servir outros ministérios da Igreja, de maneira que promova atividades que busquem, o crescimento espiritual, o evangelismo e o estreitamento de laços entre os membros da Igreja e visitantes;
  • A Coordenadoria de Integração da Igreja existe para acolher todos aqueles que venham participar dos cultos, o que requer uma equipe composta de pessoas amáveis, acolhedoras e educadas com todos. Além disso, outras atividades serão necessárias, a saber:
    • A elaboração mensal de uma escala de irmãos que servirão na recepção, nos cultos de domingo, manhã e noite, e sempre que se fizer necessário. Essa escala deve ser periodicamente passada para o Ministério de Comunicação para que ele a publique;
    • A observação do Calendário da Igreja quanto aos eventos especiais, a fim de mobilizar irmãos para cobrir a recepção nessas datas específicas;
    • A orientação à equipe de plantonistas para que chegue sempre meia hora antes de qualquer evento da Igreja, observando os boletins; água para o púlpito do pastor e de convidados; portas de entrada, e saída do salão de culto;
    • A entrega, a organização e o recolhimento dos cartões do visitante, para o posterior contato;
    • Orientar os plantonistas a estarem bem informados sobre a dinâmica e programações da igreja;
    • Orientar os plantonistas quanto a procedimentos relativos a entradas e saídas nos momentos de culto;
    • Orientar os plantonistas quanto aos materiais distribuídos na entrada, sem prévia autorização do Pastor da Igreja;
    • Convocar reuniões com a equipe para avaliações e confraternizações; e a verificar os boletins periodicamente para observar as escalas neles impressas.

A participação do líder e/ou seu (s) representante (s) é imprescindível nas reuniões do Conselho Ministerial com os relatórios devidamente organizados.